Retém a instrução e não a largues. guarda-a, porque ela é a tua vida. (Pv. 4:13)

Retém a instrução e não a largues. Guarda-a, porque ela é a tua vida. (Pv. 4:13)

24 de dezembro de 2010

CASADOS PARA SEMPRE

CURSO DE CASADOS PARA SEMPRE
RESTAURANDO O CASAMENTO COM O PODER DE DEUS
CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CASADOS PARA SEMPRE

CURSO: CASADOS PARA SEMPRE


13 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL E UM EXCELENTE INÍCIO DE ANO!

NÃO EXISTE NATAL SEM A PRESENÇA DO PRINCIPAL PERSONAGEM 
"JESUS CRISTO"
QUE O SACRIFÍCIO DELE FEITO NA CRUZ, NÃO SEJA INÚTIL NA MINHA E NA SUA VIDA.
E QUE A BÊNÇÃO DE DEUS ESTEJA COM CADA UM DE NÓS!



O PODER DA VISÃO

O termo Ilusão de óptica aplica-se a todas
ILUSÕES que "enganam" o sistema VISUAL humano fazendo-nos ver qualquer coisa que não está presente ou fazendo-nos vê-la de um modo erróneo. Algumas são de carácter fisiológico, outras de carácter cognitivo.
As ilusões de óptica podem surgir naturalmente ou serem criadas por astúcias visuais específicas que demonstram certas hipóteses sobre o funcionamento do sistema visual humano.
LEIA O TEXTO ABAIXO

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5
AGORA VEJA ALGUNS EFEITOS

BRINCANDO COM A LÓGICA

01) Qual dos cinco se parece menos com os outros quatro?                                
URSO   -   COBRA  -  VACA   -  CACHORRO   -  TIGRE

02) Se você reordenar as letras "ECHOOL"o resultado será o nome de um:                                  OCEANO  -  PAÍS   -  CIDADE    -  ESTADO   -  ANIMAL

03) Qual dos cinco se parece menos com os outros?                                                                    BATATA   -    MILHO   -   CENOURA    -    FEIJÃO    -   MAÇÃ

04) João, que tam doze anos, é três vezes mais velho que o irmão. Qual será a idade de João quando elel for duas vezes mais velho que o irmão?           
15  -    16    -  18     - 20    -  21

05) Qual dos cinco representa a melhor comparação?  Irmão esta para irmã assim como sobrinho está para:                      
MÃE    -   TIO   -    FILHA   -   TIA    -   SOBRINHO

06) Qual dos cinco representa a melhor comparação? Leite está para vidro assim como carta está para:   SELO   -    CANETA   -   LIVRO   -    CORREIO     -   ENVELOPE

07) Qual das cinco alternativas representa a melhor comparação? AMOR está para ROMA assim como 5232 está para    
 A) 2523                 B)3252               C) 2325               D)3225              E)5223 

08) Se alguns Smaugs são Thors e alguns Thors são Thrains, então alguns Smaugs serão obrigatoriamente Thrains.  Esta afirmativa é :                                                                                    FALSA   -    VERDADEIRA  -  NENHUMA DAS DUAS 

09) Qual dos cinco representa a melhor comparação? Árvore está para chão assim como chaminë está para:            FUMAÇA             -             TIJOLO        -       CÉU     -   GARAGEM   -   CASA 

10) Qual das cinco se parece menos com os outros quatro?
TATO   -    PALADAR    -    AUDIÇÃO     -    SORRISO    -    VISÃO 

11) João é mais alto que Pedro, e Antônio mais baixo que joão.
Qual das afirmativas abaixo estaria mais certa?
(A) Antônio é mais alto que Pedro.             
(B) Antônio é mais baixo que Pedro.
(C) Antônio tem a mesma altura que Pedro.
(D) É impossível dizer quem é mais alto, se Antônio ou Pedro

12) Qual dos cinco se parece menos com os outros quatro?
BOLSA               MEIA                    CALÇA                      SAPATO                    VESTIDO 

13) Qual das cinco alternativas representa a melhor comparação?
(A) 13133131                (B) 13133313           (C) 31311131                (D) 31311313         (E) 31313113

USANDO A LÓGICA


1)Somando-se parcelas iguais a 5 ou a 8 é possível obter como resultado quase todos os números inteiros positivos. Exemplos: 32 = 8 + 8 + 8 + 8; 33 = (5 + 8) + (5 + 5 + 5 + 5).
O maior número que NÃO pode ser obtido dessa maneira é:
 a) 22                        b) 27                    c) 29                     d) 96

1)De um grupo de 200 estudantes, 80 estão matriculados em Francês, 110 em Inglês e 10 não estão matriculados nem em Inglês nem em Francês. Seleciona-se, ao acaso, um dos 200 estudantes. A probabilidade de que o estudante selecionado esteja matriculado em pelo menos uma dessas disciplinas (isto é, em Inglês ou em Francês) é igual a:
 a) 30/200                       b)130/200                            c)150/200                                 d) 190/200
2- Cinco camisetas de cores diferentes foram dispostas em uma pilha. A verde está abaixo da amarela e acima da azul. A vermelha está acima da marrom e esta fica abaixo da verde. A amarela e a verde se encostam, assim como esta e a marrom. Qual é a cor da camiseta do topo da pilha?
a)      Azul                b) amarelo                      c) verde                       d) vermelha
o irmãos exercem, cada um, uma profissão diferente. Luís é paulista, como o agrônomo, e é mais moço do que o engenheiro e mais velho do que Oscar. O agrônomo, o economista e Mário residem no mesmo bairro. O economista, o matemático e Luís são, todos, torcedores do Flamengo. O matemático costuma ir ao cinema com Mário e Nédio. O economista é mais velho do que Nédio e mais moço do que Pedro; este, por sua vez, é mais moço do que o arquiteto.
Logo,
a)      Mário é engenheiro, e o matemático é mais velho do que o agrônomo, e o economista é mais novo do que Luis.
b)      Oscar é engenheiro, e o matemático é mais velho do que o agrônomo, e Luís é mais velho do que o matemático.
c)      Pedro é matemático, e o arquiteto é mais velho do que o engenheiro, e Oscar é mais velho do que o agrônomo.
d)     Luís é arquiteto, e o engenheiro é mais velho do que o agrônomo, e Pedro é mais velho do que o matemático.

5- Para acessar um determinado arquivo em um computador, o operador necessita digitar uma sequência alfanumérica formada por cinco símbolos distintos, sendo duas letras e três algarismos. Se o operador memorizou os símbolos, mas esqueceu a sequência, então, o maior número de tentativas que precisa fazer para acessar o arquivo é:
a) 60                   b) 72                         c) 120                                    d) 840

6- Observando o calendário de um certo ano, Gabriel percebeu que havia dois meses consecutivos que totalizavam 60 dias. Se esse ano começa em uma segunda-feira, então termina em uma:
a)      Segunda feira               b) terça feira                      c) quarta feira                       d) quinta feira

27 de novembro de 2010

22 de outubro de 2010

POSSO USAR FRAÇÕES ALGÉBRICAS NA GEOMETRIA

A geometria ajuda o aluno a apreciar e valorizar as formas que existem ao seu redor,
ajudando-o  a relacionar idéias geométricas com números e medições. Ao trabalhar na sala
de aula, os alunos se interessam de modo natural e espontâneo. Ela está presente em toda
parte.
Este conhecimento básico de geometria serve para se orientar, se comunicar,
estimar  distâncias, fazer medidas ou apreciar as formas da natureza e das artes. É necessário
fazer um trabalho mais intenso no ensino fundamental, para que eles possam prosseguir
com mais facilidade depois no Ensino Médio e posteriormente na faculdade.
“A mudança de hábito infanto-juvenil, devido ao fato de seus objetos de interesse
passarem a se apresentar prontos ou virtualmente prontos, contribue para o não
desenvolvimento   da aptidão espacial, além do processo de desvalorização da área gráfica.”
A Geometria está apoiada sobre alguns postulados, axiomas, definições e teoremas, sendo que essas definições e postulados são usados para demonstrar a validade de cada teorema. Alguns desses objetos são aceitos sem demonstração, isto é, você deve aceitar tais conceitos porque os mesmos parecem funcionar na prática!

A Geometria permite que façamos uso dos conceitos elementares para construir outros objetos mais complexos como: pontos especiais, retas especiais, planos dos mais variados tipos, ângulos, médias, centros de gravidade de objetos, etc.

Algumas definições

Polígono: É uma figura plana formada por três ou mais segmentos de reta que se intersectam dois a dois. Os segmentos de reta são denominados lados do polígono.Os pontos de intersecção são denominados vértices do polígono. A região interior ao polígono é muitas vezes tratada como se fosse o próprio polígono

Polígono convexo: É um polígono construído de modo que os prolongamentos dos lados nunca ficarão no interior da figura original. Se dois pontos pertencem a um polígono convexo, então todo o segmento tendo estes dois pontos como extremidades, estará inteiramente contido no polígono.
VEJA O USO DE FRAÇÕES ALGÉBRICAS NA GEOMETRIA


20 de outubro de 2010

ESTATÍSTICA

ATIVIDADE
1) COM BASE NA TABELA:

a) Construa uma tabela de frequências, absoluta, absoluta acumulada, relativa e relativa acumulada.

b) Construa um gráfico de setores

c) Construa um gráfico de barras verticais.
d) Calcule a moda , mediana e a média aritmética.

15 de outubro de 2010

DECIMAIS NO DIA A DIA

NÚMEROS DECIMAIS:

A notação decimal
A necessidade dos seres humanos de registrar números que não são inteiros é muito
antiga. No Egito Antigo, os faraós tinham funcionários que mediam e demarcavam os terrenos.
Eles usavam cordas, com nós separados sempre pela mesma distância. Para medir um
comprimento, a corda era esticada e se verificava quantas vezes a unidade de medida cabia
neste comprimento. Como nem sempre a unidade de medida não cabia em um inteiro, foi
preciso criar uma maneira para representar isso, o que foi a primeira noção de fração.
Já aprendemos que as frações decimais são aquelas que têm como denominador uma
potência de 10, como 10, 100, 1000, 10000 entre outras. No século XVI novas formas de
registro foram criadas para representar essas frações, utilizando as regras do Sistema de
Numeração Decimal.
O USO DOS NÚMEROS DECIMAIS É FREQUENTE EM NOSSAS VIDAS. VEJA O EXEMPLO ABAIXO

REGRA DE TRÊS SIMPLES

REGRA DE TRÊS SIMPLES

Regra de três simples é um processo prático para resolver problemas que envolvam quatro valores dos quais conhecemos três deles. Devemos, portanto, determinar um valor a partir dos três já conhecidos.

Passos utilizados numa regra de três simples:

1º) Construir uma tabela, agrupando as grandezas da mesma espécie em colunas e mantendo na mesma linha as grandezas de espécies diferentes em correspondência.

2º) Identificar se as grandezas são diretamente ou inversamente proporcionais.

3º) Montar a proporção e resolver a equação.

Exemplos:

1) Com uma área de absorção de raios solares de 1,2m², uma lancha com motor movido a energia solar consegue produzir 400 watts por hora de energia. Aumentando-se essa área para 1,5m², qual será a energia produzida?

Solução: montando a tabela:

Área (m²) Energia (Wh)
1,2--------400
1,5-------- x

Identificação do tipo de relação:

Área--------Energia
1,2---------400↓
1,5---------- X↓



Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x (2ª coluna).
Observe que: Aumentando a área de absorção, a energia solar aumenta.
Como as palavras correspondem (aumentando - aumenta), podemos afirmar que as grandezas são diretamente proporcionais. Assim sendo, colocamos uma outra seta no mesmo sentido (para baixo) na 1ª coluna. Montando a proporção e resolvendo a equação temos:


Área--------Energia
1,2---------400↓
1,5-----------x↓


1,2X = 400.1,5


x= 400.1,5 / 1,2

x= 500

Logo, a energia produzida será de 500 watts por hora.


2) Um trem, deslocando-se a uma velocidade média de 400Km/h, faz um determinado percurso em 3 horas. Em quanto tempo faria esse mesmo percurso, se a velocidade utilizada fosse de 480km/h?

Solução: montando a tabela:

1) Velocidade (Km/h) Tempo (h)
400-----------------3
480---------------- x

2) Identificação do tipo de relação:

velocidade----------tempo
400↓-----------------3↑
480↓---------------- x↑

Obs: como as setas estão invertidas temos que inverter os numeros mantendo a primeira coluna e invertendo a segunda coluna ou seja o que esta em cima vai para baixo e o que esta em baixo na segunda coluna vai para cima

velocidade----------tempo
400↓-----------------X↓
480↓---------------- 3↓



480X = 400 . 3

x = 400 . 3 / 480

X = 2,5


Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x (2ª coluna).
Observe que: Aumentando a velocidade, o tempo do percurso diminui.

Como as palavras são contrárias (aumentando - diminui), podemos afirmar que as grandezas são inversamente proporcionais. Assim sendo, colocamos uma outra seta no sentido contrário (para cima) na 1ª coluna. Montando a proporção e resolvendo a equação temos:



Logo, o tempo desse percurso seria de 2,5 horas ou 2 horas e 30 minutos.




3) Bianca comprou 3 camisetas e pagou R$120,00. Quanto ela pagaria se comprasse 5 camisetas do mesmo tipo e preço?

Solução: montando a tabela:

Camisetas----preço (R$)
3------------- 120
5---------------x

3x=5.120

o três vai para o outro lado do igual dividindo

x = 5.120/3

x= 200


Observe que: Aumentando o número de camisetas, o preço aumenta.
Como as palavras correspondem (aumentando - aumenta), podemos afirmar que as grandezas são diretamente proporcionais. Montando a proporção e resolvendo a equação temos:



Logo, a Bianca pagaria R$200,00 pelas 5 camisetas.


4) Uma equipe de operários, trabalhando 8 horas por dia, realizou determinada obra em 20 dias. Se o número de horas de serviço for reduzido para 5 horas, em que prazo essa equipe fará o mesmo trabalho?

Solução: montando a tabela:

Horas por dia-----Prazo para término (dias)

8↑------------------------20↓
5↑------------------------x ↓

invertemos os termos

Horas por dia-----Prazo para término (dias)

8↑-------------------------x↑
5↑------------------------20↑


5x = 8. 20

passando-e o 5 para o outro lado do igual dividindo temos:

5x = 8. 2 / 5

x = 32

Observe que: Diminuindo o número de horas trabalhadas por dia, o prazo para término aumenta.
Como as palavras são contrárias (diminuindo - aumenta), podemos afirmar que as grandezas são inversamente proporcionais. Montando a proporção e resolvendo a equação temos:



EXERCICIOS para 6ª série A e B ( copie, cole e responda  )

1) Uma roda dá 80 voltas em 20 minutos. Quantas voltas dará em 28 minutos? (R:112)

2) Com 8 eletricistas podemos fazer a instalação de uma casa em 3 dias. Quantos dias levarão 6 eletricistas para fazer o mesmo trabalho? (R: 4)

3) Com 6 pedreiros podemos construir um a parede em 8 dias. Quantos dias gastarão 3 pedreiros para fazer a mesma parede? (R:16)

4) Uma fabrica engarrafa 3000 refrigerantes em 6 horas. Quantas horas levará para engarrafar 4000 refrigerantes? (R: 8)

5) Quatro marceneiros fazem um armário em 18 dias. Em quantos dias 9 marceneiros fariam o mesmo armário? (R:8)
6) Trinta operários constroem uma casa em 120 dias. Em quantos dias 40 operários construiriam essa casa? (R: 90)

7) Uma torneira despeja em um tanque 50 litros de água em 20 minutos. Quantas horas levará para despejar 600 litros? (R: 4)

8) Na construção de uma escola foram gastos 15 caminhões de 4 m³ de areia. Quantos caminhões de 6 m³ seriam necessários para fazer o mesmo trabalho? (R: 10)

9) Com 14 litros de tinta podemos pintar uma parede de 35 m². Quantos litros são necessários para pintar uma parede de 15 m²? (R: 6)

10) Um ônibus, a uma velocidade média de 60 km/h, fez um percurso em 4 horas. Quanto levará, aumentando a velocidade média para 80 km/h? (R:3)

11) Para se obterem 28 kg de farinha, são necessários 40 kg de trigo. Quantos quilogramas do mesmo trigo são necessários para se obterem 7 kg de farinha? (R:10)

12) Cinco pedreiros fazem uma casa em 30 dias. Quantos dias levarão 15 pedreiros para fazer a mesma casa? (R:10)

13) Uma máquina produz 100 peças em 25 minutos. Quantoas peças produzirá em 1 hora? (R:240)

14) Um automóvel faz um percurso de 5 horas à velocidade média de 60 km/h. Se a velocidade fosse de 75 km /h quantas horas gastaria para fazer o mesmo percurso? (R:4)

15)Uma maquina fabrica 5000 alfinetes em 2 horas. Qauntos alfinetes ela fabricará em 7 horas? (R:17.500)

16) Quatro quilogramas de um produto químico custam R$ 24.000,00 quanto custarão 7,2 Kg desse mesmo produto? (R:43.200,00)

17) Oito operarios fazem um casa em 30 dias. quantos dias gastarão 12 operários para fazer a mesma casa? (R:20)
18) Uma torneira despeja 2700 litros de água em 1 hora e meia. Quantos litros despeja em 14 minutos? (R: 420)

19) Quinze homens fazem um trabalho em 10 dias, desejando-se fazer o mesmo trabalho em 6 dias, quantos homens serão necessários? (R:25)
20) Um ônibus, à velocidade de 90 Km/h, fez um percurso em 4 horas. Quanto tempo levaria se aumentasse a velocidade para 120 Km/h? (R: 3)

21) Num livro de 270 páginas, há 40 linhas em cada página. Se houvesse 30 linhas, qual seria o número de páginas desse livro? (R:360)
APROVEITEM !

13 de outubro de 2010

TRAVESSIA DO MAR VERMELHO


VOCÊ ACREDITA NA TRAVESSIA DO MAR VERMELHO?
VISITE O ENDEREÇO E NÃO TERÁ MAIS DÚVIDAS.
http://meusemeiosfotos.blogspot.com/2009/01/evidncias-reais-da-travessia-do-mar.html

8 de outubro de 2010

GEORGE CANTOR


George Ferdinand Ludwig Philipp Cantor
George Ferdinand Ludwig Philipp Cantor
 São Petersburgo, 3 de março de 1845 a Halle, 6 de janeiro de 1918 foi um matemático russo de origem alemã. Conhecido por ter elaborado a moderna teoria dos conjuntos. Foi a partir desta teoria que chegou ao conceito de número transfinito,  incluindo as classes numéricas dos cardinais e ordinais, estabelecendo a diferença entre estes dois conceitos, que colocam novos problemas quando se referem a conjuntos infinitos.
Filho  do comerciante dinamarquês, George Waldemar Cantor, e de uma musicista russa, Maria Anna Böhm. Em 1856 sua família mudou-se para a Alemanha,  continuando aí os seus estudos. Estudou no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique. Doutorou-se na Universidade de Berlim em 1867.
Em 1872 foi docente na Universidade alemã de  Halle, onde obtém o título de professor em 1879. Toda a sua vida irá tentar em vão deixar Halle, tendo acabado por pensar que era vítima de uma conspiração.
Cantor provou que os conjuntos infinitos não têm todos a mesma  potência (potência significando "tamanho"). Fez a distinção entre conjuntos numeráveis (ou enumeráveis) (em inglês chamam-se countable - que se podem contar) e conjuntos contínuos (ou não-enumeráveis) (em inglês uncountable - que não se podem contar). Provou que o conjunto dos números racionais Q é  numerável, enquanto que o conjunto dos números reais IR é contínuo (logo, maior que o anterior). Na demonstração foi utilizado o célebre argumento da diagonal de Cantor ou método diagonal. Nos últimos anos de vida tentou provar, sem o conseguir, a "hipótese do contínuo", ou seja, que não existem conjuntos de potência intermédia entre os numeráveis e os contínuos - em 1963, Paul Coren demonstrou a indemonstrabilidade desta hipótese. Em 1897, Cantor descobriu vários paradoxos suscitados pela teoria dos conjuntos. 
Durante a última metade da sua vida sofreu repetidamente de ataques de depressão, o que comprometeu a sua capacidade de trabalho e o forçou a ficar hospitalizado várias vezes. Provavelmente ser-lhe-ia diagnosticado, hoje em dia, um transtorno bipolar - vulgo maníaco-depressivo. A descoberta doParadoxo de Russel conduziu-o a um esgotamento nervoso do qual não chegou a se recuperar. Começou, então, a se interessar por literatura e religião. Desenvolveu o seu conceito de Infinito Absoluto, que identificava a Deus. Ficou na penúria durante a primeira guerra mundial, morrendo num hospital psiquiátrico em Halle.
Os conceitos matemáticos inovadores propostos por Cantor enfrentaram uma resistência significativa por parte da comunidade matemática da época. Os matemáticos modernos, por seu lado, aceitam plenamente o trabalho desenvolvido por Cantor na sua Teoria dos conjuntos, reconhecendo-a como uma mudança de paradigma da maior importância.

A SOLUÇÃO

7 de outubro de 2010

VERDADE OU MENTIRA

ALGUMAS PESSOAS FALAM DE CÉU E INFERNO, SERÁ QUE ISTO EXISTE MESMO? ESTA PERGUNTA TEM SIDO FEITA POR MUITOS. 
CLARO QUE EXISTE, ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA QUE É A PALAVRA DE DEUS. SE VOCÊ NÃO ACREDITA NA BÍBLIA PODE ACREDITAR EM HORÓSCOPO, LEITURA DE MÃO, REVISTAS, TELEVISÃO, SEUS MIGOS. O PROBLEMA É SEU.
SÓ QUE, SÓ VAI MORAR NO CÉU COM DEUS  AQUELES QUE ACREDITAREM  EM TUDO QUE A BÍBLIA FALA.
VOCÊ ESCOLHE NO QUE ACREDITAR, AVIDA É SUA, MAS A SUA ALMA NÃO!                      
 AH! EU ACREDITO!

5 de outubro de 2010

GRANDEZAS PROPORCIONAIS

* Grandeza

É todo valor que, ao ser relacionado a um outro de tal forma, quando há a variação de um, como conseqüência o outro varia também.

Em nosso dia-a-dia quase tudo se associa a duas ou mais grandezas. Por exemplo: quando falamos em: velocidade, tempo, peso, espaço, etc., estamos lidando diretamente com grandezas que estão relacionadas entre si.

Exemplo: Uma moto percorre um determinado espaço físico em um tempo maior ou menor dependendo da velocidade que ela poder chegar ou imprimir em seu percurso realizado.
Assim também a quantidade de trabalho a ser realizado em um determinado tempo depende do número de operários empregados e trabalhando diretamente na obra a ser concluída o que se deseja concluir.

A relação de dependência entre duas grandezas, dependendo da condição apresentada, pode ser classificada como Diretamente proporcional ou Inversamente proporcional.

* Grandeza Diretamente Proporcional


È definido como Grandeza Diretamente Proporcional as grandezas que são diretamente proporcionais quando a variação de uma implica na variação ou mudança da outra, na mesma proporção, mesma direção e sentido.

Exemplo: 01 Kg de carne custa “Y”, se a pessoa comprar 02 Kgs de carne então ela pagará “02 y”.

Exemplo: Se uma pessoa compra 10 borrachas ao custo de R$ 1,00, então se ela comprar 20 borrachas o custo total será de R$ 2,00, calculando o preço unitário de R$ 0,10.

* Grandeza Inversamente Proporcional


Duas grandezas são inversamente proporcionais quando a variação de uma implica necessariamente na variação da outra, na mesma proporção, porém, em sentido e direção contrários.

Exemplo: Velocidade e tempo.

Um carro percorre a uma velocidade de 100 Km/h, o total de 10 metros em 10 segundos. Se este mesmo carro aumentar para 200 km/h gastará apenas 05 segundos para percorrer os mesmos 10 metros.

28 de setembro de 2010

O VOTO

O voto é coisa MUITO séria. Os políticos não tem se comprometido com o seu papel. Antes de votar pense e pesquise sobre o seu candidato. Se ele não tem temor a DEUS não pode ser nosso representante. CUIDADO COM O QUE VOCÊ FAZ COM O SEU VOTO!


A POLÍTICA À LUZ DA BÍBLIA
1. A idéia bíblica O que a Bíblia tem a dizer sobre política? Na verdade não encontramos na Bíblia a palavra “política” nem uma definição da mesma. Obviamente não poderia porque a Escritura Sagrada não é um manual ou tratado político. Entretanto, encontramos nela, do Gênesis ao Apocalipse, a idéia explícita de política. Folheando suas páginas verificamos que o conceito bíblico de política é o conceito do próprio Deus e de Seus escritores sagrados. A arte de bem governar e administrar com competência são exigências constantes de Deus. Basta lermos, à guisa de exemplo, o livro do profeta Isaías. Isaías é corretamente denominado pelos estudiosos de “profeta da justiça social”. Sua reivindicação pela justiça social como resultado de uma política responsável e consciente era a reivindicação do próprio Deus que o enviara a profetizar. 

2. Causa e solução das crises. A causa das crises sócio-econômicas a nível mundial está numa política defeituosa. E qual seria, por sinal, a causa deste defeito? É simples: a maioria dos líderes políticos estão querendo dirigir o mundo sem Deus e sem a Bíblia. Acredite, o maior e melhor programa de governo de todos os tempos é a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada. Leia Deuteronômio 17.18-20. Além disso, observe o exemplo do povo de Israel na Bíblia. Leia a história dos reis de Israel. Os reis que governaram sob o temor de Deus e em obediência à Sua Palavra foram bem sucedidos. O segredo de uma política eficiente não está na forma de governo (monarquia, democracia, etc) e nem no regime político (parlamentarismo, presidencialismo), mas na aplicação prática dos princípios morais e civis da lei de Deus. Não estou dizendo que devemos restabelecer a teocracia que Israel por fim acabou abandonando. No mundo de pecado em que vivemos é impossível um governo eminentemente teocrático, contudo, quando os princípios bíblicos regem a conduta e a moral dos dirigentes Deus abençoa a nação. Quando João Calvino (1509-1564) aplicou em Genebra (Suíça) os princípios da “constituição de Deus”, a Bíblia, ele revolucionou de maneira extraordinária a vida daquela cidade. A reforma religiosa e político-social de Calvino é um marco da história que comprova, entre tantos outros exemplos semelhantes, que fé em Deus e administração pública é uma mistura que dá certo. 

3. Jesus, Pedro e Paulo e a política. O maior conceito de política que a Bíblia nos apresenta foi dado pelo Senhor Jesus Cristo. Certa feita o mestre foi interpelado por pessoas mal intencionadas sobre a questão do pagamento de impostos ao imperador romano. “É lícito pagar tributo a César, ou não?”, perguntaram. Jesus pediu que mostrassem uma moeda e interrogou: “De quem é esta efígie e inscrição?”. “De César”, responderam. Então lhes disse: “Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Em outras palavras o Mestre queria dizer: “Sim, devemos pagar imposto. Honrar a Deus não significa desonrar o imperador”.
Sem dúvida os apóstolos Pedro e Paulo tinham em suas mentes o ensino de Jesus ao tratarem em suas cartas de “alguns temas políticos”. Ambos enfatizam a importância da obediência e honra às autoridades pelo simples fato de serem “ministros de Deus”, conforme a expressão usada por Paulo. A desobediência civil é justificada na Bíblia somente quando as autoridades intencionalmente se opõem ao evangelho de Jesus para cometerem injustiças (cf. At 4.18,19). E se a desobediência civil não fosse justificável somente nesse sentido, Pedro e Paulo jamais insistiriam em suas epístolas pela obediência às autoridades (Rm 13.1-7; I Tm 2.1,2; I Pe 2.11-17). É interessante esse apelo apostólico porque Pedro e Paulo e as igrejas a quem eles se dirigiam viviam, naquela época, sob o governo déspota e tirano do imperador Nero. Porém, a recomendação de deveres não era pelo que o imperador e as demais autoridades significavam em si mesmos, e sim, porque ocupavam a posição político-administrativa instituída por Deus. Lembremos que quando Pilatos disse a Jesus: “Não sabes que tenho autoridade para te soltar, e autoridade para te crucificar?”, a resposta do nosso Senhor foi: “Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima (de Deus) não te fosse dada”. Quando Jesus diz em Mateus 22.21 “Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” não quis dizer, como bem observou Francis Schaeffer:
DEUS e CÉSAR Foi, é e sempre será assim: DEUS e CÉSAR
Por causa dessa autoridade que vem de Deus é que o povo tem deveres para com as autoridades constituídas. E por causa dessa mesma autoridade vinda de Deus é que os políticos devem tratar o povo com justiça e respeito.

4. O propósito da política segundo a Bíblia. Observe que de acordo com a Bíblia, a política em si é boa porque foi instituída por Deus. O problema está no fato de que nem sempre a política é devidamente utilizada. Isso acontece porque nem todos estão aptos para entender o propósito da política. Qual a finalidade da política? Acredito que os teólogos da assembléia de Westminster, Inglaterra (1643-1648), definiram biblicamente o propósito da política quando disseram: “Deus, o Senhor Supremo e Rei de todo o mundo, para a sua glória e para o bem público, constituiu sobre o povo magistrados civis (líderes políticos) que lhes são sujeitos, e a este fim, os armou com o poder da espada para defesa e incentivo dos bons e castigo dos malfeitores”. Veja nessa declaração que a finalidade da política é dupla. Deus a constituiu para 1) a Sua própria glória e 2) o bem público. Perguntar não ofende: Será que este duplo propósito da política está sendo cumprido em termos de Brasil? É evidente que não, pois notamos ainda na declaração de Westminster que as autoridades receberam da parte de Deus o poder da espada para a defesa dos bons e castigo dos maus. A impunidade desonra a Deus. 

Em suma a Bíblia valoriza a política e os políticos. A primeira porque faz parte da própria essência administrativa de Deus. Os segundos porque são agentes de Deus (quer estejam conscientes ou não disso; quer acreditem ou não nisso) a fim de governarem com seriedade para que Deus seja glorificado e o povo respeitado. 
Rev. Josivaldo de França Pereira - Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil (I.P.B.) em Santo André - SP. Bacharel em teologia pelo Seminário Presbiteriano